Juventude

Descrição da atuação do mandato na área da Juventude.

Atuação na Juventude

A militância de mais de duas décadas nas áreas da Educação e da Cultura levou Arnaldo naturalmente a atuar também junto à juventude. Desde 1992, o mandato trabalha em parceria estreita com os movimentos juvenis, principalmente da periferia de BH.

A criação da Coordenadoria Municipal de Juventude/BH e a ocorrência das nove pré-conferências regionais e da Conferência Municipal de Juventude (maio/06) ampliaram essa forma de atuar — articulando políticas e garantindo o protagonismo juvenil — e favoreceram a criação de novos espaços também na Câmara Municipal, por meio da elaboração de leis originadas das demandas dos próprios jovens.

Em relação às conferências, ressalta-se a participação ativa do mandato no processo, confeccionando uma cartilha (disponível neste site) para contribuir com a qualidade dos debates. Houve ainda, no início de abril/06, edição do projeto “Põe na Roda” com a participação dos professores Regina Helena (ex-coordenadora do Centro Cultural da UFMG) e Geraldo Leão (Observatório da Juventude da UFMG).

Neste mandato (2009-2012), para subsidiar a construção do Plano Municipal de Juventude, promoveu um Ciclo de Debates da Juventude na Câmara Municipal (2010), do qual participaram Luiz Flávio Sapori, Juarez Dayrell e Maria Carla Carrochano (SP).

Também realizou audiência pública (2011) para discutir a proposta do Centro de Referência de Juventude. Questionou publicamente esse projeto, sem detalhamento satisfatório e que não contempla a participação dos movimentos juvenis em sua implantação.

Dedicou uma edição da revista “Outro Olhar” ao Ensino Médio, lançada (2011) na Fumec, UEMG, Uni-BH, Facisa, entre outras instituições, sempre acompanhado por debates entre os alunos e os articulistas.

Outras atividades do mandato

  • Escola de Tempo Integral. Arnaldo é autor da lei. A primeira escola foi inaugurada em março/2005, no bairro São Marcos. A E.M. Monteiro Lobato recebeu visita de integrantes da ONU e do rapper MV Bill, durante o Encontro Latino-americano e Caribenho de Lideranças Juvenis.

 

  • Parlamento Jovem – Coordena as discussões para a criação do Parlamento Jovem da CMBH. Busca envolver os jovens nas atividades legislativas da cidade, de forma sistematizada.

 

  • Passe livre – Apresentou em 2008 projeto de lei (PL) para instituir passe livre, beneficiando alunos do Ensino Médio que não residam próximos à sua escola e que estejam cadastrados em algum programa destinado a famílias carentes do município.

 

  • Frente Parlamentar da Juventude – O vereador teve a iniciativa de criar a Frente Parlamentar da Juventude na CMBH, com caráter suprapartidário. O lançamento foi em julho de 2009, quando os outros vereadores que compõem a frente o escolheram coordenador.

 

  • Meia-Entrada – No início de 2005, teve aprovada a lei de meia-entrada em cinemas, teatros, shows e jogos esportivos a todos os menores de 21 anos, mediante apresentação de Carteira de Identidade. A iniciativa contou com o apoio da Associação Brasileira de Produtores de Eventos (Abrape), dos sindicados dos Produtores de Artes Cênicas (Sinparc/MG) e dos Artistas e Técnicos de Espetáculos (Sated), dos procons Municipal e da Assembléia e de inúmeras entidades juvenis