Diário do Arnaldo de 27 de junho a 3 de julho.
Visualizar como página web
Diário do Arnaldo

Segue o diário do Arnaldo de 27 de junho a 3 de julho.

28 de Junho - Museu de Congonhas

28 de junho – Arnaldo Godoy foi um dos palestrantes do “Seminário de Acessibilidade Universal”, que ocorreu no Museu de Congonhas, entre os dias 27 e 30 de junho. Ele tratou das políticas públicas inclusivas e da importância da cultura para pessoas com deficiência, da acessibilidade arquitetônica e das tecnologias assistivas. “Diante da complexidade da questão, que envolve vários segmentos, há um embate acirrado entre patrimonialistas e pessoas que defendem a acessibilidade”, pontou. O seminário foi realizado pela Prefeitura Municipal de Congonhas, junto com o IFMG local, Ministério Público e Uninter.

29 de Junho - Bordadeiras de Minas e Lula

29 de junho – O ex-presidente Lula recebeu das mãos de diversas bordadeiras de Minas Gerais, uma toalha que elas vinham preparando para presentear Marisa Letícia bem antes de sua morte. Arnaldo articulou o encontro, em São Paulo, um momento que emocionou o ex-presidente, membros do Instituto Lula e presentes. “Esta é uma forma muito criativa de fazer política”, disse Lula durante o agradecimento.

1º de Julho - Terça a Esquerda.

1º de julho – A posse de Arnaldo Godoy como presidente do PT-BH, no último sábado, na Câmara Municipal, foi um momento importante e simbólico no partido. “Estamos unidos na reação ao golpe e contra a retirada de direitos duramente conquistados pelos brasileiros. Por sua relação histórica com os movimentos sociais e sindicais, o PT está, mais uma vez, preparado para contribuir na retomada de uma cidade e de um país menos desigual e injusto”. Esta reflexão de Godoy encontrou consonância nas falas dos ex-ministros Nilma Lino Gomes, Luiz Dulci e Patrus Ananias e da deputada Marília Campos, presentes à posse, que contou com uma análise de conjuntura do professor Bruno Wanderlei dos Reis, da Ciência Política/UFMG. “A hora é esta. Viva o PT que enverga mas não quebra”, completou Godoy.

29 de Junho - Genocídio da Juventude Negra

29 de junho – Apesar da ausência justificada de Arnaldo Godoy, o deputado Reginaldo Lopes (PT), relator da CPI que investigou o genocídio da juventude negra e pobre em âmbito nacional (2015), compareceu à audiência pública chamada pela comissão que trata do assunto em BH, da qual Godoy é presidente. Reginaldo sugeriu à comissão a criação de um Plano Municipal de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens, nos moldes do Projeto de Lei 2438/2015, que tramita na Câmara Federal como desdobramento da CPI. Dentre as propostas contidas, “a adoção de estratégias de articulação entre órgãos públicos e entidades privadas, com organismos internacionais e estrangeiros para a implantação de parcerias para a execução das políticas de enfrentamento aos homicídios de jovens” e também “realizar a integração das ações dos órgãos e entidades públicas e privadas nas áreas de saúde, sexualidade, planejamento familiar, educação, trabalho, assistência social, previdência social, habitação, cultura, desporto e lazer, visando ao enfrentamento aos homicídios de jovens”.

Na audiência pública da Câmara Municipal, a participação de lideranças juvenis, do Observatório da Juventude/UFMG, Ministério Público e representantes de vários programas estaduais como o “Fica Vivo” e “Programa Liberdade Assistida”.

30 de Junho - Manifestações

30 de junho – Mal chegou de São Paulo, o vereador participou das manifestações promovidas pela CUT, contra o inaceitável desmonte dos direitos trabalhistas, a reforma da previdência e pela democracia. “Apesar do que noticiam os barões da mídia, a maioria dos parlamentares está indecisa em votar nessas reformas criminosas. Temos que prosseguir com os protestos de rua”, considerou Arnaldo.

3 de Julho - Camelôs

3 de julho – Na primeira sessão plenária do mês, Arnaldo Godoy criticou a ação truculenta da polícia para retirar os camelôs do Centro da cidade. “O prefeito Kalil tem negociado com os camelôs do Hipercentro, já há algumas semanas, em busca de alternativas que contemplem a ambos. Afinal de contas é preciso garantir uma renda para quem não está no mercado formal, ao mesmo tempo em que é necessário preservar as vias da cidade para o trânsito das pessoas. Mas a PBH cometeu o erro de agir com truculência. Espero que ela volte a atuar com a ponderação anterior, pois a cidade é de todos e exige paciência”, disse.

PT

PS.: Apesar da campanha intensa da mídia, as pesquisas revelam que a preferência pelo PT é maior dos que a soma de todos os ouros partidos e que, apesar da Globo, Lula continua o preferido da população brasileira.

Lula

NA PAUTA

Na próxima segunda-feira, 10 de julho, a partir das 19h, no Palácio das Artes, o ex-presidente Lula e o governador Fernando Pimentel lançam a segunda fase do Memorial da Democracia. O evento é aberto.

Arnaldo Godoy

Enviado por Arnaldo Godoy

Avenida dos Andradas, 3100 Gab. 305 B - Santa Efigênia - BH - MG - 30260-070

Se deseja não receber mais mensagens como esta, descadastre-se.

96 O Diário do Arnaldo está no ar! De 20 a 26 de Junho.
Diário do Arnaldo de 20 a 26 de Junho.
Visualizar como página web
Diário do Arnaldo
Segue o diário do Arnaldo de 20 a 25 de junho.
20 de Junho - PT

20 de Junho – O presidente do PT-BH, Arnaldo Godoy, participou da reunião partidária da Regional Oeste. Na pauta, a reestruturação financeira municipal e a reorganização da militância por meio das nove regionais da cidade. “A vitalidade e presença relevante dos militantes sinalizam que o PT está cheio de confiança e energia para continuar a contribuir com novas propostas para a cidade. O PT enverga mais não quebra”, disse Godoy, que reafirma o partido como única proposta em 2018 para colocar o país nos trilhos. “As pesquisas das últimas semanas deixam claro que a população vai percebendo que a deposição de Dilma, foi um golpe para acabar com a Operação Lava-jato e impor mudanças que penalizarão os mais pobres”, lembrou.

13 de Junho - Terça a Esquerda.

22 de Junho – Dentro do Projeto “Visite a Câmara”, Arnaldo Godoy recepcionou alunos do Centro Educacional Ilúmina, no bairro Fernão Dias. A conversa tratou do papel do Legislativo e de temas de interesse da juventude, como sexualidade, diversidade e uma nova abordagem sobre as drogas. “Fui professor muitos anos e continuo a adorar uma conversa com a moçada. Renovam nossas esperanças”, confessou.

21 de Junho - Juca Ferreira

21 de Junho – Arnaldo participou da posse do presidente da Fundação Municipal de Cultura, Juca Ferreira, um amigo e parceiro importante quando ministro da Cultura. Para Godoy, indubitavelmente bons ventos para o setor estão anunciados na cidade, pois Juca tem articulação nacional e competência de sobra para o cargo, prova disso foi a presença do governador Fernando Pimentel em sua posse. “Mas Kalil precisa assegurar à cultura, os recursos necessários que garantirão o êxito da nova gestão”, adiantou.

23 de Junho - Programa Superar

23 de Junho – Na E. M. Frei Leopoldo, no bairro Havaí, Arnaldo Godoy participou de reunião que planeja a ampliação do atendimento do Programa Superar, responsável por políticas públicas de esporte e lazer para pessoas com deficiência. Em maio, numa audiência pública solicitada pelo vereador, o novo secretário de Esportes, Bebeto de Freitas apresentou a proposta de ampliar o programa para outros espaços da cidade. Godoy, que é presidente da Comissão de Esporte da CMBH, se comprometeu a garantir recursos no orçamento para o programa.

25 de Junho - Aniversário

25 de junho – Como ninguém é de ferro, a comemoração do aniversário de Arnaldo Godoy, numa festa domingueira para familiares e alguns amigos mais próximos. Como não podia deixar de ser, irmãos e sobrinhos levaram seus instrumentos e cantoria rolou solta.

Agenda

29 de junho – Por solicitação de seu presidente, Arnaldo Godoy, a Comissão Especial que estuda o Genocídio da Juventude Negra de BH realiza uma audiência pública para discutir os trabalhos e desdobramentos da CPI da Violência contra Jovens Negros e Pobres, realizada em 2015 na Câmara dos Deputados. Segundo Godoy, a experiência de Brasília, que será relatada pelo assessor parlamentar Reinaldo Gomes, pode fornecer metodologia e recomendações importantes a serem aplicadas pela Câmara de BH. A audiência será 15h, no Plenário Helvécio Arantes.

Arnaldo Godoy

Enviado por Arnaldo Godoy

Avenida dos Andradas, 3100 Gab. 305 B - Santa Efigênia - BH - MG - 30260-070

Se deseja não receber mais mensagens como esta, descadastre-se.